Publicidade

Governo define novos comandantes da PM, Bombeiros e Polícia Civil

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) já definiu os novos comandantes das forças de segurança pública em Mato Grosso do Sul. Segundo o secretário estadual da Casa Civil, Sérgio de Paula, o delegado Roberval Maurício Cardoso Rodrigues vai assumir a DGPC (Delegacia Geral de Polícia Civil).
Rodrigues vai substituir Jorge Razanauskas Neto, que foi delegado-geral da Polícia Civil por seis anos. Ele estava lotado na Corregedoria-Geral da Polícia Civil e passou pela Deaij (Delegacia Especializada de Atendimento à Infância e Juventude).

Roberval Maurício responde a inquérito policial por ter mato a tiros, na madrugada de 28 de novembro do ano passado, um homem na frente do condomínio no Jardim dos Estados. Ele alegou legítima defesa e todos os indícios comprovam esta versão, segundo o delegado Wellignton Oliveira, que conduz a investigação, em entrevista na época.
O novo comandante da PM será o coronel Deusdete Souza de Oliveira Filho, 49 anos, que era o diretor-presidente da Agepen (Agência Estadual do Sistema Penitenciário) desde agosto de 2008. Ele nasceu em Jequié (BA).
Deusdete assume a vaga do coronel Valter Godoy Rojas, que assumiu a corporação em abril do ano passado. Ele foi chefe do serviço de inteligência da PM e integrou a 2ª Seção do Estado Maior da PM. Ele é formada pela Academia da Polícia Militar do Rio Grande do Sul e é pós-graduado em Direito Penal e Direito Processual. Também tem cursos de aperfeiçoamento na Secretaria Nacional de Segurança Pública e na Polícia Federal.
O novo comandante do Corpo de Bombeiros será o coronel Esli Ricardo de Lima. Promovido a coronel em 27 de janeiro de 2012, ele substituirá o atual comandante, coronel Ociel Ortiz Elias.
Esli Ricardo é formado na UCDB (Universidade Católica Dom Bosco) e foi integrante da Força Aérea Brasileira. Ele foi o comandante do 6º Grupamento dos Bombeiros em Campo Grande e, por último, era diretor de pessoal da corporação.
Campo Grande News

Comentários