Ciptran apresenta 1° Boletim Online e registra 18 acidentes de trânsito

Campo Grande (MS) – Desde que foi lançado o Boletim de Ocorrência Online - nova ferramenta que registra acidentes de trânsito, foram contabilizados pela Companhia Independente de Polícia Militar de Trânsito (Ciptran), 18 Boletins feitos pela internet. Com o intuito de melhorar o atendimento à população, a ferramenta foi lançada na última quarta-feira (3) no auditório da Companhia.

Trazendo maior rapidez no atendimento dos acidentes, com soluções mais dinâmicas, a ferramenta facilita o processo de acidentes de trânsito para os envolvidos . “Atualmente, os policiais que vão atender uma ocorrência de trânsito levam cerca de uma hora para preencher o boletim que é um documento complexo e detalhado. Essa nova opção proporciona maior comodidade, pois os condutores podem preencher em casa”, afirma o comandante da Ciptran, Major Alírio Vilassanti.

A nova medida pode ser realizada por cada um dos envolvidos no acidente de trânsito. O condutor deverá estar munido da Carteira de Habilitação e documentos do veículo para que possa preencher os dados disponibilizados pela ferramenta. É importante lembrar que essa nova medida não abrange acidentes que envolvam crime de trânsito por embriaguez, homicídio culposo, lesão corporal, menores condutores e acidentes com veículos oficiais.

Os boletins gerados através da ferramenta online têm a mesma validade do boletim convencional, servem como prova em ações judiciais e podem ser usados também para acionar a seguradora do veículo ou da propriedade que sofreu dano com o acidente notificado. A impressão só poderá ser feita na Ciptran após a validação do documento, para isso o informante deve pagar a mesma taxa onerada do documento atual que é de R$ 29,28”, afirma o major.

1° Registro
De acordo com a Ciptran, foi entregue hoje (8), o primeiro registro de acidente impresso. O documento foi retirado por Cícero Miguel da Silva, soldador, que colidiu seu veículo na Av. Afonso Pena próximo ao nº 1826, por volta das 21 horas de ontem (7). Segundo a Companhia, o documento retirado deve ser levado ao Juizado de Trânsito.

Acesso
Para o condutor que se envolveu em acidentes de trânsito com danos materiais, a ferramenta esta disponível no site da Polícia Militar www.pm.ms.gov.br, no site do governo do Estado e no site da Agência Municipal de Trânsito (Agetran).

Quando o usuário acessar a página do sistema será registrado o seu IP, para certificação de onde provém a informação da ocorrência. Neste primeiro acesso é solicitado um cadastramento onde serão solicitados dados pessoais comuns aos usuários em cadastros.
Thierre Monaco

FONTE NOTICIAS MS

Comentários

Seguidores